Dia da Amazônia | 5 de Setembro - Aruanã Acampamentos e Eventos

Dia da Amazônia | 5 de Setembro

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Samauma | Dia da Amazônia

Dia da Amazônia. 

Hoje, 5 de setembro, é o Dia da Amazônia e este agosto de 2021 foi o terceiro pior para a floresta nos últimos 11 anos, os dois primeiros lugares são ocupados por 2019 e 2020. Foram 28 mil focos de queimadas, que segundo o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a maioria são focos com indícios de desmatamento para limpar pasto. Entretanto, é curioso que mesmo com tanto desmatamento, uma pesquisa feita pelo Instituto Clima e Sociedade, diz que 89% dos brasileiros e brasileiras defendem a preservação do bioma como a maior riqueza do país. 

Dia feito para consciência de preservação da Amazônia, com 4.196.943 km² de extensão e presente em nove países da América do Sul (Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Venezuela), tem 26% de sua área protegida em território brasileiro, proteção estranhamente ignorada e moralmente vangloriada como posse do Brasil, orgulho da nação e dona da maior parte como símbolo do verde da Bandeira do país. 

É fato que os esforços precisam ir além do que estamos fazendo, porque muito embora se faça algo, este algo ainda está sendo pouco e pouco a pouco perderemos o que chamamos de pulmão do Planeta Terra.

calango na amazônia | dia da amazônia
Calanguinho na Floresta Amazônica

Um novo estudo publicado pela revista científica Nature afirma que 90% das espécies (entre fauna e flora) do bioma foram atingidos nos últimos 20 anos com as inúmeras queimadas. “Boa parte das espécies impactadas perderam mais da metade de suas áreas de ocorrência. Ou seja, se você é uma espécie rara, a chance de ter perdido todos os seus indivíduos e entrado em extinção local é muito alta”, diz Danilo Neves, professor do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). 

Em queda de fiscalização, o Brasil segue perdendo seu grande orgulho de beleza natural e ruma depredando o que resta da Amazônia, que não é um bioma que se adapta ao fogo tal qual Cerrado e Pantanal. Não o bastante, é crítica a situação de queimadas e desmatamento na Mata Atlântica também, que hoje corresponde a apenas 7% de sua mata original. 

Flona do Tapajós | Dia da Amazônia
Flona do Tapajós

Que neste dia possamos nos juntar, mesmo que distanciados, os 89% de brasileiros e brasileiras, para mudar essas estatísticas e construir um novo futuro às nossas florestas, muito embora com dificuldade e muita consciência trabalhada constantemente. É preciso acreditar, mesmo que muitas vezes tendenciosamente ao pessimismo, e criar o que chamaremos de valeu a pena todo esforço de fazer do que ainda temos, o nosso lar. Nenhuma árvore a menos, nenhum animal a menos, o que queimaremos será a falta de consciência e todos os dias do ano serão 5 de setembro. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *